sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

A mente esta vazia, o coração ocupado, o pensamento noutro lado


Não sei o que isto é, mas é algo que me ocupa o coração e que me preenche a alma, não sei quanto tempo isto irá durar, nem sei quanto é que isto vai acabar é algo tão intenso que me rouba as noites de sono, as manhas de calor e as tardes de sorrisos (...) guardo este sentimento só para mim, porque sei que não haverá ninguém melhor do que eu para o guardar sei que mais tarde ou mais cedo, este sentimento irá desaparecer e me irei arrepender de um dia o ter sentido, irei-me culpar pelos momentos de magoa que passei e pelas lágrimas que até derramei, vou ver, que elas caíram em vão, vou sentir que o sorriso era melhor opção. Não sei como vou conseguir apagar este sentimento do meu coração, como vou conseguir apagar o teu nome da minha lista, como vou conseguir apagar os nossos momentos da minha mente, e como me vou capacitar que comigo já não irás estar, nem mais uma única vez... Dói, é verdade, mas dizem que é uma dor passageira, que com o decorrer do tempo se irá resumir, em nada, mas por enquanto ele é o mais forte que eu tenho $: à noite, a solidão vagueia pelo meu quarto. É como se ela me quisesse dizer que "eu nunca mais irei ser feliz"...ela faz-me sentir inútil, incapaz de seguir em frente, faz-me derramar lágrimas, faz-me perceber que não há razão de eu estar neste mundo... Faz-me ver que nada vale a pena, e também que ninguém me ama... A solidão chama a tristeza que de momentos invade o meu corpo, apodera-se da minha alma, e mexe totalmente na minha cabeça, fazendo fazer/dizer coisas que não devo a quem eu mais amo /: é triste, eu sei disso... Mas não vejo nada capaz de mudar aquilo que eu sinto, parece um labirinto, onde eu entro nele e nem sei como hei-de de sair --'
Há faces da minha vida, bastantes felizes, e mesmo que hoje, ao escrever este desabafo, esteja a derramar uma lágrima, consigo também dar um sorriso, porque? Porque me sinto viva, tem pequenas gotas de água quente a escorrer-me pela face, sinto-me viva por sentir um sentimento tão lindo, mesmo sendo ele pela pessoa errada, sinto-me orgulhosa de ser quem sou, e de sonhar que um dia irei ser feliz e realizar todos os meus sonhos, ultrapassar todas as barreiras para conseguir alcançar os meus objetivos (...) e chegarei ao topo e gritarei para todos aqueles que um dia me rebaixaram: "EU FUI CAPAZ, EU VENCI!" Será uma frase que irei dizer, chorando, relembrando o amor que sentia por alguém quando me capacitei disto...
Continuando a falar do sentimento que por ti eu sinto? É fácil, cada beijo teu, o teu toque, o teu cheiro. O teu calor, tudo isso esta guardado na minha mente, tudo isso me faz sentir bem a teu lado, tudo isso me faz ver que é a ti que eu amo e que é contigo que eu quero ficar até ao fim dos meus dias; mas cada discussão, cada confusão, cada cena de ciúme, cada desconfiança, cada palavra dita de cabeça quente, cada momento de delírio nosso, cada... Cada lágrima caída por causa desta "relação", mata-me e faz com que a nossa relação morra também, aos poucos, mesmo que o amor seja enorme, e ele é mesmo grande, mesmo que a relação tenha demasiados altos, um dia, se isto continuar assim, esse amor, essa relação maravilhosa que antes tivemos, irá acabar, e irá deixar cicatrizes, para o resto da nossa vida, quer nos queiramos ou não... 
mesmo assim... Irei-me lembrar de ti, por teres sido aquele HOMEM que me fez sorrir, que me fez sentir segura, e que conseguiu substituir uma lágrima por vários sorrisos, poderei dizer que foste o amor da minha vida, mas nunca, mas nunca irei dizer que foste o homem da minha vida, porque se assim fosse, ficarias comigo para todo o sempre e não me abandonarias por nada deste mundo. Amo – te.

6 comentários:

  1. pensava q ainda tavas no colegio :o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. , e tu quem es ? é que com esse boneco e esse nome nao vou lá xd

      Excluir
  2. olá diana , gosto muito da tua maneira de escrever, escreves muito bem , beijinhos

    ResponderExcluir